Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Lula finalmente se decide e indica Flávio Dino ao STF

Depois de mais de 50 dias da aposentadoria de Rosa Weber, o presidente oficializou a indicação de seu Ministro da Justiça ao cargo
Além de Dino, Lula também indicou Paulo Gonet como novo Procurador Geral da República
Além de Dino, Lula também indicou Paulo Gonet como novo Procurador Geral da República - Foto: Ricardo Stuckert

Está batido o martelo: o atual ministro da Justiça, Flávio Dino, será indicado a ocupar a vaga deixada por Rosa Weber no STF (Supremo Tribunal Federal) em outubro deste ano. A oficialização da indicação por parte do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ocorreu nesta segunda-feira (27).

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, a expectativa do governo é de que a sabatina no Senado – acompanhada da esperada aprovação – ocorra ainda antes do recesso parlamentar, marcado para começar no dia 23 de dezembro.

Flávio Dino tem 55 anos, portanto ocuparia o cargo de Ministro por, no mínimo, as próximas duas décadas, já que os mandatos são válidos até que os magistrados completem 75 anos. Maranhense, ele possui trajetória de 12 anos como juiz federal antes de enveredar à política, em 2006, quando deixou o posto que ocupava no judiciário para se candidatar a Deputado Federal pelo PCdoB do Maranhão.

Depois de derrotado na disputa ao governo maranhense em 2010, assumiu a presidência da Embratur, onde ficou até 2014, quando voltou a se candidatar, desta vez vencendo. Dino exerceu o cargo de Governador do Maranhão por dois mandatos, com altos índices de popularidade.

Em 2022 foi eleito Senador, mas logo assumiu a pasta da Justiça e Segurança Pública do terceiro governo Lula.

Segundo o que apurou a Folha, a leitura de Lula para fazer a indicação é de que o nome de Dino tem força suficiente para fazer um embate político no STF. Neste período desde a aposentadoria de Rosa Weber, especulou-se que alas importantes dentro do PT ansiavam a escolha de Jorge Messias, atual advogado-geral da União.

Além de Dino, Lula também se decidiu em relação à chefia do Ministério Público Federal. O novo Procurador Geral da República será Paulo Gonet.

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta