Search
Close this search box.
Search
Close this search box.

Chocolate faz bem para a saúde? médicos explicam riscos e benefícios

O chocolate é o produto mais lembrado quando o assunto é Páscoa
Segundo médica, o chocolate ao leite e o chocolate branco devem ser evitados / Foto: Divulgação

É chegada a época do ano em que aumenta muito o consumo de chocolates. Essa delícia faz parte do ritual do almoço de Páscoa e crianças e adultos se deliciam com muitos chocolates nesse período. 

Muitas pessoas têm dúvidas se o chocolate, afinal, faz bem ou mal à saúde.  “O cacau é um potente antioxidante, muito rico em polifenóis, que ajudam a prevenir o envelhecimento. Portanto, não é ele o responsável pelos malefícios, mas sim o leite e a gordura saturada que são adicionados a ele no preparo do produto final”, explica a dermatologista Dra. Ana Paula Fucci, Membro titular da SBD (Sociedade Brasileira de Dermatologia) e da SBCD (Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica).

Segundo a médica, o chocolate ao leite e o chocolate branco devem ser evitados, pois:

“Têm alto índice glicêmico, ou seja, faz o açúcar no sangue subir rapidamente, ocorrendo um pico na liberação de insulina, para compensar. Esse mecanismo causa o aumento da produção de sebo e da oleosidade da pele, que pode levar ao desenvolvimento ou a piora da acne. Além disso, esse alto teor de açúcar nas células danifica o colágeno e a elastina,  provocando envelhecimento, rugas e flacidez. Chama-se glicação”, detalha Dra. Ana Paula.  

“Se você é daqueles que não abrem mão de um chocolate, dê preferência aos que contenham maior percentual de cacau, preferencialmente, acima de 70%. Eles são muito ricos nos polifenóis e não aumentam tanto o índice glicêmico”, complementa a dermatologista. 

O médico Dr. Franklin Veríssimo, Especialista e pós-graduado em Laser, Cosmiatria e Procedimentos pelo Hospital Albert Einstein-SP, também destaca os benefícios do cacau.  “O cacau é um rico antioxidante e o chocolate amargo tem também polifenóis que combatem os radicais livres. Para aproveitar os benefícios do produto para a pele, cabelos e até mesmo unhas é necessário apreciá-lo com moderação, já que é um alimento calórico, rico em gordura e açúcar.  Em doses moderadas e dando preferência ao chocolate amargo, o produto é bom para a pele, pois o chocolate possui  antioxidantes, gorduras boas, vitaminas e minerais”, explica Dr. Franklin.  

Os polifenóis possuem fortes propriedades antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres. “Uma das fontes ricas em polifenóis é o chocolate amargo (70% de cacau). O chocolate amargo é um excelente antioxidante”, destaca Dr. Franklin.  

Quem tem pele acneica deve ter cuidado e não abusar do chocolate. “O chocolate é um alimento rico em açúcares e gordura, pode causar aumento de oleosidade e piorar quadros de acne”, afirma Dra. Fernanda Aragão Grassi, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia e atua na A Clinic em Belo Horizonte ( MG).  

Se a pele for oleosa, a médica recomenda alguns cuidados. “Esse tipo de pele deve ser higienizada adequadamente com sabonete específico, deve ser hidratada com hidratante aquoso e receber proteção solar adequada. Cuidados individualizados podem ser necessários de acordo com o grau de acne e as características de cada paciente. Alimentação adequada, rica em fibras e sem excessos de açúcar e gordura ajuda a pele ficar mais bonita. Minha dica é aproveitar a Páscoa sem exagerar nos doces”, alerta Dra. Fernanda Aragão Grassi.  

Compartilhe com Todos!
Facebook
WhatsApp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Informado!

Siga a Gazeta